Início > Alverca > SAC de Alverca poderá aliviar em Outubro

SAC de Alverca poderá aliviar em Outubro

 

SOCIEDADE. Os médicos contratados a empresas de prestação de serviços podem ser a solução para reabrir o Serviço de Atendimento Complementar na Póvoa. A directora do Agrupamento de Centros de Saúde, Marília Alves, anunciou a medida a uma delegação de deputados do PSD, liderados por Maria José Nogueira Pinto.

Mário Caritas

O Centro de Saúde da Póvoa de Santa Iria poderá retomar as consultas de atendimento complementar, entre as 20h00 e as 22h00, de segunda a sexta-feira, já a partir do início de Outubro. A informação foi prestada pela directora do Agrupamento de Centros de Saúde do Concelho de Vila Franca de Xira, Marília Alves, a responsáveis concelhios e nacionais do PSD, durante uma visita de um grupo parlamentar do principal partido da oposição aos centros/unidades de saúde deste município, realizada no passado dia 27.

A delegação social-democrata, liderada pela deputada Maria José Nogueira Pinto, referiu que a actual concentração do atendimento complementar na Unidade de Saúde de Alverca do Ribatejo é “uma catástrofe do ponto de vista da gestão dos cuidados de saúde primários”. Marília Alves sublinhou ter-se tratado de uma decisão que teria de ser tomada no mais curto espaço de tempo e explicou porquê: “Houve um acordo colectivo médico, no início deste ano, que permitiu aos médicos a partir dos 50 anos de idade pedirem escusa do trabalho nos centros de saúde após as 20 horas, se assim o declararem. E na altura do Verão houve um grande número de médicos que pediram a escusa, logo fiquei sem alternativa, ainda para mais em período de férias. Decidimos encerrar o SAC da Póvoa e transferir tudo para Alverca simplesmente porque este edifício tinha melhores condições para ter mais profissionais a trabalhar.”

Actualmente existem quatro médicos a fazer atendimento complementar, exclusivamente em Alverca. Mas em breve poderão passar a haver mais médicos disponíveis para este efeito, nomeadamente médicos de clínica geral que estão contratados a empresas de prestação de serviços, podendo vir a ser retomado o SAC da Póvoa de Santa Iria (que serve as freguesias da Póvoa, Vialonga e Forte da Casa). “Vamos tentar que os médicos nessas condições que estão a trabalhar de dia na Póvoa «puxem» o seu horário mais para o final do dia, de forma a poderem assegurar o serviço até às 22 horas”, esclareceu Marília Alves.

“Tapa-se de um lado, mas destapa-se do outro”, retorquiu o vereador no executivo municipal Rui Rei, alegando que desta forma se vão descurar as consultas regulares de médico de família no período diurno, no Centro de Saúde da Póvoa, nomeadamente no que toca às situações de doença crónica e vigilância de saúde. Marília Alves concorda mas mostra-se disposta a arriscar, até porque “durante o período diurno existem alguns tempos mortos e, além disso, os recursos que temos não são infinitos”. Falta agora o sim dos médicos contratados para o SAC da Póvoa arrancar, já a partir do dia 1 de Outubro, mas apenas durante os dias úteis da semana, aliviando dessa forma a unidade de Alverca.

Categorias:Alverca
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: