Início > Alverca > Orquestra de Vialonga encerrou Greenfest’2010

Orquestra de Vialonga encerrou Greenfest’2010

 

SOCIEDADE. A Orquestra de Vialonga, criada com alunos do agrupamento de escolas da freguesia, voltou a estar em destaque, desta vez a encerrar um festival de carácter nacional que apela às boas práticas ao nível da sustentabilidade.

Mário Caritas

Foi com a actuação da Orquestra de Vialonga que encerrou, no passado dia 17, o Festival Greenfest’2010, que decorreu no Centro de Congressos do Estoril. Quase três dezenas de jovens músicos, oriundos do Agrupamento de Escolas de Vialonga (AEV), deram brilho ao desfecho de uma iniciativa que é já considerada o maior evento de sustentabilidade a nível nacional, celebrando o que de melhor se faz nas vertentes social, ambiental e económica. E os miúdos deram bem conta do recado, sob a batuta dos seus mestres, entre eles o professor Jónatas Ferreira que, no final, estava orgulhoso dos seus pupilos.

“Estas crianças empenham-se bastante e nós procuramos dar o nosso melhor para que eles possam tocar cada vez melhor e ter uma outra perspectiva de vida. É muito importante para nós estarmos presentes neste acontecimento, tanto mais que a SCC – Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (com sede em Vialonga) é um dos nossos principais patrocinadores e tem sido incansável no apoio que tem dado a este projecto; portanto é sempre muito agradável podermos participar, a convite da SCC (uma das entidades participantes no Greenfest’2010), num evento desta natureza”, sublinha o coordenador de uma equipa de 22 professores de música que ensinam cerca de centena e meia de jovens alunos desde o terceiro até ao sétimo ano de escolaridade.

A Orquestra de Vialonga trata-se de um projecto educativo que procura realizar uma integração social dos alunos pertencentes a este agrupamento de escolas, combatendo assim a exclusão e o abandono escolar, e estimulando o trabalho em grupo, a disciplina e a auto-estima dos mais novos. O seu início data de 2005, sob o impulso da directora do AEV, Armandina Soares, consistindo então num pequeno grupo de estudantes de violino. Em 2007 foi alargado a violetas, violoncelos e contrabaixos, constituindo-se desta forma a orquestra que, em 2008, passou também a integrar sopros de madeira e percussão e, em 2009, sopros de metal. Entre os vários apoios que tem tido, destaque para o Ministério da Educação, Fundação Calouste Gulbenkian, SCC e Câmara Municipal de Vila Franca de Xira.

Categorias:Alverca
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: