Início > Alverca > Novo hospital de Vila Franca abre em 2013

Novo hospital de Vila Franca abre em 2013

CONCELHO. Se tudo correr como acreditam os vários parceiros envolvidos na construção do novo hospital, 2013 marcará a entrada em funcionamento do equipamento aguardado há décadas pela população.

Ana Filipa de Sousa

O novo hospital de Vila Franca de Xira entra em funcionamento no primeiro semestre de 2013. A garantia foi deixada, na sexta-feira, pelo Consórcio Escala Vila Franca durante a assinatura do acordo com o Estado e a autarquia vila-franquense para a construção da tão aguardada unidade de saúde.

Já muitas datas foram apontadas para a entrada em funcionamento do nova equipamento, mas até porque, como o próprio frisa, sobre o hospital de Vila Franca de Xira já está muita coisa dita, “agora resta fazê-lo”, também José Sócrates acredita que, desta vez, vai ser possível cumprir o prazo estabelecido. O primeiro-ministro referiu isso mesmo na cerimónia de assinatura do contrato, levada a cabo no Celeiro da Patriarcal, acrescentando que “sei o que significa para Vila Franca e para todos os concelhos que vão beneficiar deste hospital este dia e sei o quanto se bateram por isso. Estou convencido que este é o momento em que a partir daqui tudo se inicia mais rapidamente”.

Para construir em regime de parceira público privada, a nova unidade de saúde vai ficar situada em terrenos cedidos pela câmara vila-franquense a norte da cidade, a dois quilómetros do Centro Equestre da Lezíria Grande e da Estrada Nacional 10. De acordo com o ministério da Saúde, o equipamento terá uma capacidade anual para 16 mil internamentos, oito mil cirurgias, 192 mil consultas externas e 104 mil urgências disponibilizando também 280 camas de internamento, nove salas de bloco operatório e 33 gabinetes de consulta externa.

Ana Jorge, ministra da Saúde, sublinha, no entanto, que embora o novo equipamento seja um hospital de substituição das actuais, e há muito saturadas, instalações do velhinho Reynaldo dos Santos, não se trata apenas de “mudar a casa”. Antes pelo contrário, o “novo hospital vai melhorar a prestação dos cuidados de saúde a cerca de 215 mil pessoas e vem reforçar a capacidade de responder às necessidades específicas dos cidadãos na área da saúde”.

Num dia que ficou também marcado pelos rasgados elogios ao Serviço Nacional de Saúde (SNS), a ministra da tutela fez ainda questão de deixar claro que a nova unidade de saúde vila-franquense é fundamental para a renovação e a modernização da Rede Hospitalar do SNS. “Este novo hospital, sendo uma parceria com gestão clínica, não deixa de pertencer à rede do Serviço Nacional de Saúde e é por isso que temos uma enorme grau de exigência no acompanhamento desta parceria, pois trata-se de garantir padrões de exigência e níveis de qualidade elevados na prestação dos serviços de saúde. Esta é uma parceria leal que se funda nos valores e nos padrões do acesso universal e de qualidade”. 

Salvador de Mello, presidente do Grupo José de Mello Saúde e líder do consórcio Escala Vila Franca, também não tem dúvidas de que a parceria público privada se assume como um contributo fundamental para a modernização do tecido hospitalar. “Acreditamos que os projectos hospitalares têm tudo a ganhar com a junção da iniciativa privada à regulação pública. Só assim conseguiremos projectos mais eficientes na prestação, com grande qualidade e com evidentes ganhos para a população”.

Apesar de o novo equipamento também beneficiar os concelhos de Alenquer, Azambuja, Arruda dos Vinhos e Benavente, a celebração do contracto que vai permitir o início das obras de construção do novo hospital reveste-se de significado especial para o município de Vila Franca de Xira. Maria da Luz Rosinha aproveitou a cerimónia de sexta-feira para relembrar isso mesmo e para sublinhar que, pese embora tenha sido dado um passo importante num processo longo e com muitas vicissitudes, “ainda não chegámos ao fim do caminho. Torna-se necessário que a obra comece rapidamente, que a conclusão se concretize no tempo previsto e que em 2013 nos possamos voltar a reunir para a inauguração do equipamento que irá substituir o Reynaldo dos Santos que, neste momento, luta com sérias dificuldades para dar resposta adequada a todos aqueles que a ele recorrem nos momentos de aflição”.    

A cerimónia de sexta-feira trouxe a Vila Franca de Xira um conjunto alargado de representantes do Governo, mas também contou com a presença de centenas de populares que não quiseram deixar de se associar ao momento. Antes da celebração do contrato, entre o Estado, a autarquia e o Consórcio Escala Vila Franca, a comitiva deslocou-se ao local onde o novo equipamento será edificado. 

Foto: Nuno Saraiva

Categorias:Alverca
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: