Início > Alverca > “Substituir o padre Zé Maria vai ser muito difícil”

“Substituir o padre Zé Maria vai ser muito difícil”

ENTREVISTA. Luís Miguel vai ser ordenado pároco de Alverca no próximo dia 18 de Abril. Com a saída de José Maria Cortes para Washington (EUA), o padre Luís Miguel foi escolhido para o substituir.

Mário Caritas

“Notícias de Alverca”: O que é que o levou a ser padre?

Luís Miguel: É uma pergunta difícil de responder. Digo sempre que não tive nenhuma aparição, nem nenhuma revelação…

“NA”: Mas sentiu que era uma vocação?

LM: Senti-o desde que me tornei cristão praticante. Porque até aos 18 anos considerava-me ateu. Mas quando, através de uns amigos, comecei a frequentar a Igreja senti desde o princípio a radicalidade da fé em Deus. Para mim Deus tem a ver com tudo e, quando voltei à Igreja, tinha a ver com o meu tempo livre, tinha a ver com a relação problemática com os meus pais e os meus irmãos…

“NA”: Portanto decidiu ir estudar Deus?

LM: Também não diria isso. Diria que foi Deus que decidiu que eu devia seguir este caminho. Porque Ele foi-me colocando pessoas importantes no caminho, alguns padres que tinham vidas muito atractivas e que me despertaram interesse e curiosidade; depois sempre fui uma pessoa muito certinha, que gostava de compreender bem as coisas, de entender porque é que uma coisa se faz de determinada maneira e não de outra. Deus dá-nos luz nesse sentido porque se Deus criou tudo e se Deus nos dá aquilo que temos, então compreender Deus é compreender-me a mim próprio. Nesse sentido, sim, fui estudar Deus, mas é um estudo que passa muito pela vivência, pelo dia-a-dia, pelo encontro com as pessoas, por falar e por ouvir muito as pessoas.

 “NA”: Mas a sua decisão foi tardia…

LM: Exactamente. Aos 18 anos comecei a frequentar a Igreja e só aos 24 é que fui para o seminário. Mas hoje em dia é muito frequente ser assim, antigamente é que as pessoas iam para o seminário muito novas porque o contexto sociocultural também era outro; hoje o mais frequente é as pessoas irem para o seminário já com uma certa experiência de vida e, sinceramente, considero que é muito mais adequado.

“NA”: Nunca se arrependeu de ter seguido este caminho?

LM: Nunca! Ouve-se muitas vezes pessoas dizer que tiveram crises vocacionais ou dúvidas de fé. Eu considero-me uma pessoa muito confiante.

“NA”: Vai ser muito difícil substituir José Maria Cortes?

LM: Um dia disse na brincadeira que ser pároco depois do padre Zé Maria é como ser papa depois de João Paulo II. O papa João Paulo II, tal como localmente o padre Zé Maria, foram pessoas que estiveram muito tempo a desempenhar o seu cargo e fizeram grandes obras, foram homens que souberam comunicar muito bem com as pessoas, que se fizeram amar muito, portanto quem quer que venha a seguir não vai poder evitar esse termo de comparação. Embora deva dizer também que as pessoas já me conhecem, tenho tido um grande apoio desde que esta notícia veio a público, muitas pessoas têm-me manifestado a sua alegria e têm-me dado os parabéns.

Categorias:Alverca
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: