Início > Alverca > Festas da Cidade e de S. Pedro chamaram milhares de visitantes

Festas da Cidade e de S. Pedro chamaram milhares de visitantes

SOCIEDADE. A terceira reedição das Festas da Cidade e de S. Pedro de Alverca saldou-se num êxito. Mas o negócio não correu bem para os feirantes.

Mário Caritas

Festa

Terminaram com chave de ouro as Festas da Cidade e de S. Pedro de Alverca’2009, com um bonito fogo de artifício às zero horas do dia 30 de Junho. Para trás ficaram seis dias de pura animação com a presença de nomes conhecidos da música popular portuguesa. A noite da sardinha assada, as garraiadas, o folclore e as marchas populares, complementados com os carrosséis, os stands demonstrativos da actividade das empresas e associações locais e os tradicionais comes e bebes, foram outros motivos mais que suficientes para chamar milhares de visitantes ao campo da feira desta cidade.

“Foi extenuante e doloroso, mas também muito compensador. Mais uma vez a população aderiu em massa, penso que em média passaram diariamente pela festa entre 5.000 a 10.000 pessoas”, referia o presidente da comissão de festas, José Carlos Dias, sublinhando tratar-se de uma aposta ganha: “Assumi desde a primeira hora que este era um desafio para ganhar, hoje digo que valeu a pena. Talvez esta festa não tenha sido tão superior assim às dos anos anteriores, mas foi mais completa, tivemos mais cuidado na programação, mais arrojo e mais audácia. Hoje digo com algum à vontade que sei do que é que os alverquenses gostam e até que ponto podem ir se o cartaz lhes agradar.”

Mas se para os vendedores de comes e bebes, assim como para os responsáveis dos carrosséis a festa correu de feição, o mesmo já não podiam dizer os feirantes que se queixavam das vendas, apesar do número elevado de visitantes. “Vendeu-se pouco, foi melhor no ano passado, este ano não prestou para nada. Vieram muitas pessoas passear, mas comprar foram poucas. Se soubesse não teria vindo. No ano passado foi bom, mas este ano nem deu para pagar o lugar; no próximo ano não virei”, dizia-nos João Maio.

Quanto aos stands presentes, o balanço era positivo apesar do fraco volume de negócios. “Valeu a pena, mostrámos a loja, o único problema que houve foi a chuva. Registámos poucos negócios e muitos visitantes, mas já estávamos à espera. A nossa principal intenção era divulgar e penso que o conseguimos”, referia Luís Cordeiro, gerente da loja “Mundo do Sono”, colocando reticências a um eventual regresso em 2010: “Para o ano têm de haver mais stands e mais iluminação; penso que a parte dos stands tem que estar mais forte e ter a presença de mais comerciantes locais.”

Categorias:Alverca
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: