Início > Alverca > O polícia à civil que imobilizou os gatunos

O polícia à civil que imobilizou os gatunos

local_2

Mário Caritas

Dois populares e um polícia à civil detiveram os três assaltantes – dois homens e uma mulher – do “Mini-Preço”, no passado dia 24 de Março.

O agente de 1.ª classe Roberto de Deus, do comando local da Polícia Marítima de Lisboa, residente em Alverca, foi o homem que durante quase 10 minutos manteve os ânimos controlados, impedindo um eventual reatamento da fuga dos três assaltantes do “Mini-Preço” até à chegada da PSP. O incidente ocorreu ao início da noite de 24 de Março, pouco depois das 20h00. O herói desta história foi um jovem, de raça negra, que se encontrava no interior do supermercado no momento do assalto e que seguiu os gatunos, colocando-se em frente ao carro utilizado na fuga.

O agente à civil ia a passar a pé naquela zona e apercebeu-se de um veículo que arrancou a grande velocidade junto ao “Mini-Preço” (situado na Avenida Infante D. Pedro, em Alverca), seguido de um jovem em corrida que impediu a fuga, atirando-se para a frente do carro já no cruzamento para a rua do “Pingo Doce”. Entretanto o motor do carro ter-se-á ido abaixo. Roberto correu para o local e nesse instante chegou também um indivíduo com uma mota (que estava em trabalho) que bloqueou a viatura.

Este agente identificou-se então como polícia e interveio, impedindo os ladrões de reatar uma eventual fuga. Momentos depois as coisas ter-se-ão complicado quando o homem da mota e um dos assaltantes (que saíra para fora do veículo) começaram a travar-se de razões, tendo o segundo alegadamente agredido o primeiro. Foi então que Roberto teve que manietar o assaltante agressor.

Recordamos que os três ladrões preparavam-se para fugir com 127 euros em dinheiro roubado. Eram dois homens, um com 20 e outro com 43 anos, e uma mulher de 35 anos e seguiam num carro de marca Peugot 2006 (comercial de dois lugares) cujas chapas de matrícula estavam tapadas com fita isoladora. Entretanto a PSP chegou ao local e deteve os três indivíduos, que estavam aparentemente desarmados, todos eles residentes nas Caldas da Rainha. Gerou-se um forte aparato de populares na zona. “Aquela loja já tem sido assaltada mais vezes, já lá deviam ter colocado seguranças pois assim é um perigo para as funcionárias”, afirma Alberto, comerciante no Centro Comercial Scala.

Categorias:Alverca
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: